Regressiva ou Progressiva, qual alíquota devo utilizar na previdência?

Tempo de leitura: 2 minutos

No momento da contratação do plano, você poderá optar entre dois diferentes tipos de regime tributário, a alíquota regressiva ou progressiva.

Entenda mais como funciona:

Tabela Progressiva

Tabela Regressiva

Tributação de Imposto de Renda no momento do resgate

No momento do resgate, a tributação ocorre na fonte, à alíquota de 15%, com posterior ajuste na Declaração Anual do Imposto de Renda.

Alíquota inicial de 35%, nos primeiros 2 anos, podendo chegar até 10%, após 10 anos de permanência no plano.

Tributação de Imposto de Renda no momento do recebimento da aposentadoria

Conforme Tabela Progressiva vigente do Imposto de Renda.

As alíquotas são decrescentes em função do tempo de permanência de cada contribuição no plano.

Perfil

Ideal para quem tem objetivos de curto ou médio prazos.

Ideal para quem tem objetivos de longo prazo.

TABELA REGRESSIVA

É vinculada ao tempo da aplicação. Quanto maior for o prazo de acumulação ou quanto mais tempo você permanecer no plano, menor será a alíquota de imposto de renda na hora do resgate ou recebimento da renda.

Até 2  anos

35%

2 a 4  anos

30%

4 a 6  anos

25%
6 a 8  anos

20%

8 a 10 anos

15%

Acima de 10 anos

10%

TABELA PROGRESSIVA ANUAIS

É a mesma que determina a alíquota do Imposto de Renda sobre o seu salário. Na prática, o que determina a alíquota sobre o plano de previdência é o valor a ser resgatado ou transformado em renda.

A partir do exercício 2017, ano-calendário de 2016:

Base de Cálculo (R$)

Alíquota (%)

Parcela a deduzir do IRPF (R$)

Até 22.847,76

De R$ 22.847,77 até R$ 33.919,80

7,5

R$ 1.713,58

De R$ 33.919,81 até R$ 45.012,60

15

R$ 4.257,57

De R$ 45.012,61 até R$ 55.976,16

22,5

R$ 7.633,51

Acima de R$ 55.976,16

27,5

R$ 10.432,32

Fonte:  Receita Federal do Brasil

Entendimentos importantes

  • Se você fizer a opção do regime progressivo, pode alterar a qualquer momento para o regressivo, o contrário não é possível.
  • Antes de tomar qualquer decisão de resgate, é bom saber no caso de regressivo em qual alíquota se encontra, pois pode acontecer de esperar mais 2 meses por exemplo e cair a alíquota do IR em 5% como mostra umas das tabelas acima.

 BAIXE E-BOOK COMPLETO DE PREVIDÊNCIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *