Vale a pena investir em Fundo de Renda Fixa?

Tempo de leitura: 2 minutos

Um Fundo de fundo de renda fixarenda fixa têm como objetivo buscar o retorno por meio de investimentos em ativos de renda fixa, admitindo-se estratégias que apliquem em ativos de renda fixa.

Também são admitidos ativos de renda fixa emitidos no exterior. Excluem-se estratégias que impliquem exposição e renda variável (ações, etc.).

Nos investimentos de renda fixa, a rentabilidade, ou sua forma de cálculo, é previamente definida no momento da aplicação. É importante destacar que existem investimentos de renda fixa prefixados e pós-fixados. A diferença é que nos prefixados você já sabe exatamente a rentabilidade que irá receber, já no pós-fixado você sabe previamente qual será a forma de cálculo de sua rentabilidade, mas a rentabilidade pode variar.

Antes de Investir é Importante ter Informação

Para investir é preciso informação. No caso dos fundos, os investidores têm à disposição documentos elaborados e divulgados pelo administrador, que contêm todas as informações a respeito do fundo: o regulamento, o prospecto e o material de divulgação. 

  • Material de divulgação: é o documento que tem como objetivo simplificar a apresentação das principais informações constantes do regulamento e do prospecto. Ela é apresentada e u formato simples, reduzido e deve seguir u padrão e uma sequência pré-definidos;
  • Regulamento: é o documento que dá “vida” ao fundo. No momento da constituição de um fundo, o administrador elabora e aprova o regulamento, contendo todas as regras que servem de base para o seu funcionamento. É um documento que não sofre alterações constantes e que possui uma linguagem com caráter bastante formal;
  • Prospecto: é o documento que apresenta as informações mais relevantes para o investidor, como as relativas à política de investimentos do fundo, aos riscos envolvidos, às taxas e aos principais direitos e responsabilidades dos cotistas e administradores.

Antes de Investir Também é Importante Comparar

Se possuímos as informações necessárias para conhecer mais sobre os investimentos que estamos aplicando. No caso de fundos de Investimento não é diferente, podemos pegar informações dos mesmos e fazer comparativos para saber qual é a melhor alternativa dentro dos seus objetivos.

Veja um exemplo:

Comparativo de Fundos de Renda Fixa

BB Renda Fixa LP 100 DI FICFI x ITAU Uniclass RF DI FICFI x XP Referenciado FI Ref DI 

Categoria: Renda Fixa / Período: 07/10/2013 – 07/10/2016

fundo

Fundo CDI % Taxa de Adm Rentabilidade
BB RENDA FIXA LP 100 FICFI 63,75% 3,80% 26,70%
ITAU UNICLASS RF REFER DI FICFI 81,79% 2% 34,25%
XP REFERENCIADO FI REF DI 100,83% 0,5% 42,22%

Observando a figura, nota-se que os ativos apresentados estão atrelados a taxa de % do CDI, logo, essa será a taxa de comparação entre os fundos. Deve-se ficar atento não apenas na melhor taxa corrente, mas verificar a melhor rentabilidade nos últimos 12, 24 ou 36 meses. Assim, alocando recursos nos ativos que aproximam suas taxas com do CDI.

Neste sentindo, é importante investir quando as taxas de juros estão prestes a iniciar movimento de redução, pois a rentabilidade costuma superar a taxa Selic. É preciso avaliar se a taxa de administração não irá “corroer” o lucro previsto em geral, acima de 1% são pouco interessantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *